Carta ao Investidor #11

Marcello Vieira

Marcello Vieira

COMPARTILHAR

Nesta 11ª Carta ao Investidor quero falar sobre Portfólio balanceado versus grandes apostas.

Há alguns anos, eu tinha a cabeça voltada para montar um grande portfólio diversificado com investimento em ações, estratégias de trading, realmente uma carteira diversificada.

Mas, recentemente, estou indo mais para uma linha de grandes apostas.

E quero compartilhar com você como eu vejo as diferenças entre portfólio balanceado e grandes apostas. Também sobre os prós e contras, embora não exista certo ou errado.

Eu conheço muitos gestores de fundos (gigantescos) que, na gestão do capital, buscam montar uma carteira bem diversificada com títulos de renda fixa, ações, alguma exposição direta ou indireta em commodities, fundo imobiliário e assim vai.

Essa é a clássica carteira diversificada.

Mas qual é o “problema” que eu vejo e o porquê não tenho seguido essa linha:

Porque esses investimentos clássicos de uma carteira diversificada não trazem grande retorno, que é um fator que me interessa.

Então, pra quem é gestor de um fundo muito grande e ganha muita grana fazendo isso e consequentemente ele tendo muito dinheiro, não precisa de uma rentabilidade alta.

Por exemplo, se você tem uma renda de meio milhão por mês, você não precisa se preocupar muito em multiplicar o capital com força.

Você pode até querer, mas não precisa. Porque muitas vezes você está mais preocupado em superar a inflação, manter seu poder de compra e em não ter muita volatilidade.

Com uma carteira diversificada, tem momentos em que commodities bombam. Em outros períodos são as ações de crescimento que bombam. Tem hora que a renda fixa é que protege o patrimônio, etc…

Dessa forma, dentro do possível em renda variável, dá pra conseguir uma certa estabilidade nos ganhos.

Para quem tem muito dinheiro, ótimo. Mas para quem não tem muito dinheiro, nem uma renda muito alta, investir um pouquinho com uma baixa rentabilidade não te leva muito longe.

Então, eu tive essa visão: eu preciso multiplicar o meu capital mais rápido de forma mais forte.

Quem me acompanha há mais tempo, sabe que, em 2020, eu fiz uma aposta em cripto e transformei 32 mil em mais de 1 milhão de dólares.

E com esse resultado não dá pra reclamar, mas eu me arrependo de não ter feito uma alocação maior. 

Para mim, naquela situação, 32 mil dólares era uma alocação pequena do meu patrimônio e eu tinha condições financeiras de ter arriscado mais. Mas, tudo bem.

Deu tudo certo, consegui uma excelente multiplicação.

Agora, estamos em um bear market (mercado em baixa) e temos a estratégia adequada para isso.

Não é uma estratégia que faz uma grande multiplicação, mas comparado com os investimentos tradicionais, dá pra fazer uma rentabilidade interessante, fazendo Long & Short – estratégia que envolve, simultaneamente, uma compra (Long) e uma venda (Short).

Enquanto isso, sigo aguardando o próximo bull market (mercado em alta) de cripto. Eu acredito que vai acontecer e vamos ver de novo uma grande multiplicação de capital.

Associado a isso, recentemente, encontrei  grandes oportunidades no mercado de commodities e estou me preparando para fazer um posicionamento também e esperando uma multiplicação bem forte.

Ou seja, tenho focado mais nesses mercados onde se tudo der certo – em renda variável não temos garantia – mas, se tudo der certo, posso fazer novamente uma grande multiplicação.

Ao invés de estar focado simplesmente em ter um portfólio muito diversificado.

Talvez em algum momento lá na frente, com tudo dando muito certo, com um capital enorme, eu migre um pouquinho mais para um portfólio.

Como exemplo, eu tenho um colega que é um grande trader e gestor com esse perfil de grandes apostas e que já está com um patrimônio na casa de múltiplos bilhões de dólares e ele continua com a parte principal do capital alocado em grandes apostas, como essas que tenho comentado.

Então, mesmo com bastante dinheiro tem como fazer isso.

E pra quem tem menos dinheiro, na minha forma de ver o mercado, grandes apostas são o caminho.

Se você tem, por exemplo, 300 reais por mês para investir e você tem um capital de 5 mil ou de 10 mil reais, com a rentabilidade de um investimento comum de 8-10% ao ano, durante 20 anos não vai se transformar em muita coisa. Ainda mais se tirar a inflação.

Não há garantia de retorno ao investir em grandes apostas, mas acredito que tem uma chance bem grande de dar certo e fazer muita diferença.

E, claro, sempre apostar um capital que, eventualmente, se tudo der errado, você pode perder.

Quando apostei 32 mil dólares em cripto eu não queria perder, mas se acontecesse, seria desagradável mas ok pra mim.

A mesma coisa faço com o capital que tenho alocado em cripto agora e com o capital que vou alocar em commodities. São capitais significativos que não quero perder, mas em último caso, não vão me tirar do jogo.

O ponto que quero dizer é: Se você tem 10 mil reais, não coloque todo o seu capital em uma grande aposta.

Se você tem 10 mil reais, coloca entre 3 e 5 mil reais, de acordo com seu perfil de investidor. Coloque realmente um capital que você não quer perder, mas que você pode se dar ao luxo.

Nós temos estratégias que protegem e não utilizamos alavancagem. Então, é muito difícil perder o capital todo. Mas ainda assim, psicologicamente, ter uma gestão de risco é muito bom.

Porque se você está muito sob pressão, você acaba fazendo besteira. O mercado começa a cair, você sai. Começa a se apavorar com notícias, etc…

Enfim, eu tenho preferido pegar uma parte do capital entre 20-50% para fazer grandes apostas e, se der certo, alcançar uma grande multiplicação do que pegar o dinheiro todo, construir um portfólio super diversificado e buscar entre 6-12% ao ano.

Eu vejo um risco/retorno muito maior nessas grandes apostas. Se, por exemplo, você alocar para alto risco entre 20-30% do seu capital e digamos que perca a metade, você vai perder entre 10-15% do patrimônio e isso também acontece com um portfólio bem diversificado em determinados momentos.

Dessa forma, o risco/retorno é muito maior nessas grandes apostas e é o caminho que tenho seguido.

Forte Abraço,

COMPARTILHAR.

+ Conteúdo

MARCELLO VIEIRA

• Fundador do Investidor de Sucesso;
• Possui mais de 13.000 alunos;
• Mentor particular de grandes investidores;
• Investidor especialista em novas tecnologias e desenvolvimento de estratégias quantitativas;
• Transformou 32 mil em mais de 1 milhão de dólares em menos de 6 meses de forma pública e transparente;
• Participa de grupos e eventos com vários dos melhores gestores, investidores e traders ao redor do mundo.