Carta ao Investidor #14

Marcello Vieira

Marcello Vieira

COMPARTILHAR

Nesta 14ª Carta ao Investidor quero refletir com você sobre a base e o fundamento das estratégias. Sejam estratégias de investimento de longo prazo ou para traders.

Toda estratégia deve idealmente ter um fundamento, um embasamento por trás. E quero comentar sobre alguns erros comuns que tenho visto alguns investidores cometerem.

Por exemplo: Muita gente investiu por muito tempo em ações de tecnologia como Apple, Amazon, Microsoft, Netflix, Google, etc…Já no Brasil, muitas pessoas investiram em Magazine Luiza e algumas opções, nesse sentido.

Desde a crise de 2008, quando começou a impressão mais forte de dinheiro, inflou-se uma bolha e ficamos com juros artificialmente baixos por mais de uma década.

Isso inflou uma bolha e durante muito tempo quem ficou simplesmente investindo em empresas de tecnologia se deu muito bem e ganhou muito dinheiro.

E, se você entendeu esta oportunidade e se beneficiou dela, ótimo.

O problema é quando o cenário muda e as pessoas não entendem o fundamento por trás daquela estratégia e acreditam que aquilo vai funcionar pra sempre e, então, a situação muda e elas nem percebem.

Normalmente, quando as pessoas vão perceber é tarde demais, entregaram muito lucro ou já estão no prejuízo.

E o mesmo vale para traders.

Principalmente no mercado americano, o famoso buy the deep (comprar o fundo). Caiu, está barato, compra!

Quem fez isso constantemente, seja para longo prazo ou operando swing trade (estratégia onde um ativo é mantido por um ou mais dias) ou position trade (operação que costuma durar semanas ou meses) para traders, essas estratégias funcionaram muito bem.

Com a bolha inflada, o FED e os outros Bancos Centrais injetando dinheiro, juros baixos, a tendência era sempre de alta.

Os fundos caíam um pouco e logo voltavam. Eram excelentes oportunidades de compra.

Mas, se você comprar o fundo agora, provavelmente vai comprar e continuar a ver a Bolsa caindo.

Da mesma forma em cripto.

Com a diferença que o mercado cripto passou por seus bulls & bears markets ao longo desse período. Já na Bolsa, tivemos um bull market quase que sem parar.

E em um bull de cripto, muita gente opera da mesma maneira, comprando sempre o fundo, então, vem o bear e continua comprando o fundo, pensando: “tá barato, vou comprar” e o mercado só despenca cada vez mais.

Isso acontece porque os cenários são diferentes. Favoráveis ou desfavoráveis no bull e no bear.

Ter consciência das mudanças do mercado é importante.

Por exemplo: Se você sabe que o FED e os outros Bancos Centrais estão imprimindo muito dinheiro e que os juros estão baixos, a princípio, não tem muito motivo para ter uma queda muito acentuada na Bolsa.

Então, neste cenário, se caiu e está barato, você pode comprar. Até que algo mude. Como mudou recentemente.

E, se você tem um setup de swing trade, caiu e está sobrevendido, você compra. Ótimo! Tende a funcionar também enquanto o cenário está favorável. Porque você tem um EDGE, uma vantagem ali.

Mas não pode confiar cegamente. Analisar dados de uma empresa e dizer: “vou investir porque é uma empresa que constantemente é lucrativa.”

Por exemplo, o Facebook.

O Facebook é uma empresa lucrativa mas que despencou recentemente por vários motivos:
– A lucratividade diminuiu;
– A quantidade de novos usuários contraiu pela 1ª vez na história.

Ou seja, o que adianta ser uma empresa lucrativa, se você está com 30-40% de prejuízo.

Eu não invisto no Brasil há muitos anos, mas vejo muita gente comentando que está com 60-80% de prejuízo em Magazine Luiza.

E isso se deve pela mesma premissa de não ter consciência das mudanças do mercado.

Todos os pontos devem sempre ser levados em consideração. Tanto pra comprar, quanto para trocar de estratégia e para vender.

No que o mercado muda, surgem muitas oportunidades de venda.

Com o FED e os Bancos Centrais parando de fazer expansão monetária e aumentando os juros, fica claro que empresas de tecnologia são muito prejudicadas, assim como cripto também.

E, é por isso que o mercado tem caído tanto trazendo excelentes oportunidades.

Principalmente para “shortear” e operar vendido. Em projetos de cripto ruins, ou em ações ruins.

Eu não gosto muito da ideia de pegar um ativo ou empresa boa e “shortear”.

Mesmo que o cenário esteja desfavorável e possa cair, são bons projetos que tendem a subir no longo prazo.

Exemplo: Bitcoin e Ethereum.

A gente nunca sabe o futuro. Mas funciona da mesma forma com empresas como Google e Amazon.

São excelentes empresas que têm grandes chances de continuar performando bem no longuíssimo prazo.

Então, eu tenho preferência por “shortear” um ativo ou empresa que está mais cambaleando, que me dá mais EDGE e uma oportunidade maior.

Em um bull market como tivemos por muitos anos, não faz sentido ficar tentando “shortear” uma empresa que não tem projetos tão bons, que está tão bem ou ficar “shorteando” uma cripto que você acredita que é um projeto que não vai pra frente.

No meio de um bull market onde o mercado está indo pra cima, todo mundo colocando dinheiro e com todas as condições favoráveis e muita liquidez no mercado, não adianta ir contra a maré.

E isso você só descobre entendendo os fundamentos e macroeconomia.

Sem dúvidas a análise técnica é útil e ajuda. Mas o preço é apenas um reflexo do que está acontecendo na economia.

E quando algo maior está acontecendo na economia, você consegue ter uma noção se há maior probabilidade de ser algo durável ou não.

Enquanto o FED e os Bancos Centrais ainda injetavam dinheiro no mercado e os juros permaneciam baixos, quando eventualmente se via a tendência mudando para baixo no gráfico, você poderia suspeitar se aquilo era durável, porque as condições macro estavam favoráveis.

Agora, quando a tendência no gráfico vira pra baixo, você sabe que os fundamentos estão ficando ruins, é um sinal bem mais confiável de que vai ser algo durável.

A Análise técnica também é sempre muito útil como ferramenta de confirmação.

Às vezes, vemos no Youtube alguns produtores de conteúdo dizendo que: “tudo é uma grande bolha” ou “vai explodir!”

Aparentemente está explodindo agora, mas tem muitos youtubers que já diziam isso há 5 anos, quando não fazia sentido deixar de investir  porque estava se formando uma bolha.

A bolha pode demorar a explodir como demorou, mas agora está explodindo.

valuation por exemplo das empresas de tecnologia estavam estratosféricos e mesmo com essa queda toda ainda estão relativamente altos.

Então, não é porque o preço está muito alto que você deve deixar de investir, você pode investir desde que o cenário seja favorável e que você esteja consciente de  que o mercado está inflado e que em algum momento o cenário vai virar.E quando você percebe o cenário virando, é a hora de trocar de estratégia.
A análise técnica te mostra a realidade, o consenso de mercado que é o preço.

E a análise técnica é ainda mais útil quando você une com os fundamentos para te dar mais clareza.

Claro que, em alguns momentos do mercado, o cenário pode ficar um pouco confuso. Com o fundamento sem uma direção definida, se está mais para cima ou para baixo.

O gráfico, às vezes, está em uma congestão, em uma lateralização sem uma tendência clara.

Nesses momentos, você deve buscar uma estratégia mais adequada para esse tipo de situação e ter um pouco mais de paciência para definir exatamente o que você vai fazer.

Faz parte. Nem sempre você tem clareza total do mercado.
Enfim, a reflexão que eu quis trazer hoje é de que existe um fundamento por trás das estratégias e você deve investir seguindo um fundamento, mesmo que você opere um setup com análise técnica, mesmo que você seja trader.

O ideal é sempre ter um fundamento por trás.
Mesmo para quem também investe com foco para o longo prazo, é importante estar atento para que você não seja pego de surpresa e não insista em algo que o cenário já mudou.

Às vezes você investe em algo que deu certo no passado, mas que nem fazia ideia do porquê que deu certo.
E nós vemos isso acontecer muito.

Muitas criptos que são projetos ruins na onda do discurso de que “cripto vai bombar” tudo sobe e sobem também muitos projetos ruins.

Você pode surfar a onda, mas precisa ter consciência de que, provavelmente, em algum momento, esses projetos vão a zero ou vão entregar todo o lucro depois.
Recentemente, vimos o exemplo do token LUNA que tinha uma capitalização de mercado enorme e que agora  está valendo poucos centavos.

Ou seja, você deve estar sempre atento para fazer a junção e entender a base do que está por trás com todos os pontos da sua estratégia bem alinhados para funcionar melhor.

Forte Abraço,

COMPARTILHAR.

+ Conteúdo

MARCELLO VIEIRA

• Fundador do Investidor de Sucesso;
• Possui mais de 13.000 alunos;
• Mentor particular de grandes investidores;
• Investidor especialista em novas tecnologias e desenvolvimento de estratégias quantitativas;
• Transformou 32 mil em mais de 1 milhão de dólares em menos de 6 meses de forma pública e transparente;
• Participa de grupos e eventos com vários dos melhores gestores, investidores e traders ao redor do mundo.